domingo, 14 de dezembro de 2008

A LEVADA DA GALERA 2008

Apoteose! Essa é a palavra para definir a deslumbrante levada da galera do bloco Pitangueira Folia. A galera apaixonada pelo bloco muvuqueiro mais uma vez foi às ruas, para exibir a paixão pelo bloco que completou quatro anos, em alto estilo nas ruas de Itajuípe. A animação ficou por conta da banda Tribal, capitaneada pelo vocalista Natal com a experiência do percussionista Nau. A banda Tribal levou a galera a loucura cantando os ritmos das bandas baianas de pagode,arrocha e também sertanejo com a pegada do axé. Os foliões se divertiram pra valer com muita segurança. Dentro e fora das cordas o agito tomou conta das ruas, os "pipocas" fizeram questão de abrilhantar a muvuca, acompanhando o bloco em todo o percurso com muita cerveja gelada em aproximadamente sete quilômetros de pura adrenalina. A simpatia e as coreografias da morena rainha do bloco Aline, misturada a cervejada "enviagrou" a rapaziada que pulava sem parar durante todo o circuito. Os diretores do bloco: Baída, Wambaster, Lucinha. Mila, Eric, Madalena e Jô comemoraram com a galera o sucesso. Encerrando a festa na Pitangueira com Cleiton e Carlos e Maurício Bahia em clima de arrocha para o povão. Para 2009 os diretores do bloco prometera mais apoteose.
Por: Erê Cabelos. email: erecabelos@hotmail.com

sexta-feira, 12 de dezembro de 2008

MARCOS DANTAS NA MIRA DA POLÍCIA


Manhã de 12 de dezembro.Itajuípe acordou ao meio de queima de fogos de artifícios pela passagem dos 56º, anos de emancipação política administrativo. Se não fosse a presença da Policia Federal no prédio da prefeitura, seria mais um dia de festa pelo aniversário da cidade. Mas o que chamou atenção mesmo, das pessoas que estavam na praça Adonias Filho, foi a abordagem da Polícia Federal que chegou ás 6:00 horas na casa do prefeito Marcos Dantas, não encontrando em sua residência, foram para o prédio da prefeitura com o chefe de gabinete Márcio Barbosa. Depois de longas cinco horas, no interior da prefeitura, apreenderam computadores, documentos que comprovam várias irregularidades em licitações e contratos fraudulentos com verba da saúde; repasses dos recursos da educação e do Ministério das Cidades. A operação denominada " vassoura de bruxa" estar investigando mais 29 municipios no sul da Bahia. A investigação da Controladoria Geral da União (CGU), Ministério Público Federal (MPF) e Polícia Federal tivera início em 2006. Até agora, já se sabe, o golpe soma se 28 milhões, aos cofres públicos.

terça-feira, 2 de dezembro de 2008

SAÚDE EM ITAJUÍPE

Ainda não se sabe o futuro de Itajuípe com a "desabilitação da saúde" do municipio de Itabuna. Apartir de agora a média e alta complexidade de Itabuna e mais 123 municípios pactuados,inclusive Itajuípe, passa para o dominio da Secretaria de Saúde da Bahia (SESAB). A desabilitação ocorreu por falta de transparências por parte do municipio de Itabuna: com os repasses estadual e federal, foi o que disse o ministro da saúde José Gomes Temporão, ao sacramentar o ato através da portaria 2.886 em 28 de novembro.

TAPETES PERSAS

48.650 reais. Foi o preço que o Tribunal de Justiça da Bahia, iria pagar pela compra de quatro tapetes persas. A licitação foi barrada pelo ministro corregedor do Conselho Nacional de Justiça, Gilson Dipp. A licitação exigia que os tapetes fossem fabricados no Irã, India e norte da Turquia em pura lã. Os tapetes ficariam na assessoria de relações públicas e cerimonial do TJ-BA. Assim que foi notificada, a presidente do TJ-BA, desembargadora Silvia Zarif, suspendeu a licitação. " A justiça baiana passa por dificuldade de máquina copiadora, veículos. O dinheiro poderia se investido em produtos que melhor servirão a boa prestação dos serviços judiciários, inclusive no interior da Bahia" disse o ministro Gilson Dipp.