terça-feira, 1 de dezembro de 2009

A VERDADE DOS PRINCÍPES



Certamente falar com alguma sinceridade é perigoso, falar com muita sinceridade é fatal. Não dá para ficar inerte, parado diante da tamanha mediocridade administrativa que Itajuípe vive preste a completar 57 anos de existência. Poderia dizer um avanço chinfrim, coisa pouca mesmo, nada que possa impactar o povo desta terra sofrida. Tem gente por aí que acha exagero falar dessa forma – sincera, verdadeira sem palavras engabeladas para externar uma Itajuípe que não progride, muito pelo contrario regride, encolhe a cada ano segundo o senso do IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), tudo isso por falta de vontade e representação politica. Todavia é perigoso quando fala-se com sinceridade.Geralmente os aloprados pelo poder, que usufruem da conveniência da situação tenta rotular como problemático,sistemático e a toda sorte ridicularizar quem fala a com sinceridade. Mas como diz a máxima popular “ o tempo é o senhor da razão” este mesmo tempo se encarrega de tudo, inclusive de trazer à tona as verdades dos fatos. Nada inibe quem tem compromisso em defender os enteresse das pessoas de boa fé. Estamos vendo e vivenciado um jogo de enganação, tapeação de quinta categoria. Uma cidade com baixo planejamento, sem rumo e direção. Estas são algumas das verdades que não dá para deixar debaixo do tapete. Por que não questionar uma administração Marquista tricampeã em contas rejeitadas pelo TCM (Tribunal de Contas dos Municípios)? Motivos? Simplesmente fraudes em licitações,suplementações sem autorização dos vereadores, tudo tem denuncia no Ministério Publico. É verdade e todos nos sabemos pelos mesmos motivos Marcos Dantas tem suas contas rejeitadas de 2008. O TCM fez o seu papel tecnicamente, apontou as mazelas os desmandos, infelizmente esse órgão publico tão valioso não tem poder jurídico, deixando o papel da punibilidade para os vereadores. Se os nobres edieis não tomar as devidas providências dentro do que manda a lei de probidade administrativa a cidade caminha a passos largos para o histórico da malversação do dinheiro publico. Quem não se lembra das contas de 2005? Licitação viciada,forjada para comprar um ônibus, por ironia do destino o tempo mais uma vez mostra o que combatemos – fraudes. Três empresas do mesmo grupo participaram de uma mesma licitação feita pelo prefeito. Estas mesmas empresas estão agora diretamente envolvidas no esquema do propinoduto da AGERBA. E as contas de 2006? O prefeito recebeu verba para fazer um ginásio poli esportivo não fez, como não fez as casas populares a obra do lago. São essas verdades que não podem comentar? Uma administração construída na tentativa de tapeação popular. Cadê o esporte de Itajuípe? Cultura, lazer, saúde, geração de emprego e renda, inclusão social? Um governo que não valoriza gente de carne e osso, fundado no mercantilismo exacerbado. Não dá para vislumbrar o carro chefe da gestão marquista – pagamento de salário em dia. Isto é um direito constitucional, de certa forma ponto positivo para o governo participação e cidadania. Mas existem outras demandas dos munícipes, que são reprimidas pelo nobre prefeito que prefere dá as costas como respostas. Não faz enfrentamento das reivindicações que afeta a comunidade. Teme o debate, dialogo enfrentamento olho no olho com o povo para sanar os problemas sanáveis. Itajuípe vai completar 57 anos dia 12. ainda sem rumo e direção. A cidade não precisa só de pagamento em dia. Precisa disso e muito mais. Onde não existe respeito pelos direitos dos cidadãos, não existem cidadania. Itajuipe precisa desenvolver-se com sustentabilidade e planejamento a curo, médio e logo prazo; a juventude precisa deslumbrar um futuro progressista com oportunidades de emprego, cultura, lazer, esporte. A certeza dos serviços básicos garantidos pela Constituição Federal. Se nada disso existe não existem motivos para comemorarmos uma Itajuipe com participação e cidadania por completo e aí faço minhas as palavras de Adam Smith “ a riqueza de uma nação se mede pelos bens de seu povo e não de seus príncipes”.
Por: Erenilson Santos ( Erê) Presidente do PPS - Partido Popular Socialista.

domingo, 29 de novembro de 2009

VEREADOR GEAN REALIZA PELA SEGUNDA VEZ CURSO DO MOPI




Pela segunda vez ministrado em Itajuipe com carga horário de 50 horas, desta vez com condutores de veículos de Buerarema,Arataca,Una, Ibicaraí, Almadina e Coaraci o vereador Gean de Vasconcelos se antecipiou ao tempo e buscou junto ao SENAI(Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) e FIEB ( Federação das Industrias do Estado da Bahia),em Salvador, o curso do MOPI (Movimentação de Produtos Perigosos), que está sendo ministrado no Colégio Leolina Nazaré de Andrade ao finais de semana pelo professor Agnaldo Barbosa. Para Barbosa o curso é importante não só para conduzir produtos perigosos como também concientizar e educar os motoristas para o meio ambiente e cidadania. O professor disse ainda que a ação do vereador Gean de oportunizar a qualificação profissional é muito importante para o desenvolvimento da cidade, pois as empresas que conduz produtos perigosos só contratam motoristas que tenha a qualificação MOPI. Segundo o vereador Gean a sua investida para trazer o curso para Itajuípe se deu pela demanda de condutores de veículos desempregados por falta do curso qualificativo na região. "O valor total do curso é de 5.800 reais, tem 46 alunos com investimento de 140 reais por aluno, o mesmo só foi realizado fora da capital pela primeira e segunda vez em Itajuípe graças ao nosso empenho pelas causas da comunidade". - Esclarece o parlamentar.
REUNIÃO DO COMÉRCIO
Sexta-feira(27), o vereador Gean participou na câmara de vereadores(veja segunda foto) de uma reunião onde ouviu as reivindicações da recém criada Associação Comercial e Industrial de Itajuípe - ACEI. Na oportunidade o vereador se colocou a disposição para ser porta voz dos comerciantes e comerciários junto ao poder legislativo e prometeu se empenhar em levar todas as demandas dos solicitantes para o plenário da casa legislativa. O presidente da ACEI - Luiz Alberto Teles de Melo considerou o encontro muito importante e mostrou confiante no empenho dos associados para melhoramento do comercio local. Os lojistas se queixaram diante da falta de ações publica para melhoramento do centro comercial -"Nos pagamos impostos queremos mais atenção por parte do prefeito" disse um lojista para este blog. Os funcionários do comercio também se queixaram de trabalho aos domingos e feriados sem recebimento de extras pelo serviço prestado por parte dos lojistas.



segunda-feira, 23 de novembro de 2009

PPS INAUGURA SEDE E REALIZA ENCONTRO REGIONAL EM ILHEUS


O Partido Popular Socialista (PPS), realizou dois importantes eventos para a estrutura regional. No sábado (14) foi inaugurada a sede do partido em Ilhéus, localizada no bairro Hernani Sá, que tem como objetivo ponto de encontro partidário de Ilhéus e região, alem de local para atividades. O prefeito de Ilhéus Nilton Lima, o vice Mario Alexande, Rui Carvalho(PV) marcaram presença, o encontro foi marcado pela democracia entre lideranças regionais. Já no domingo (15) foi a vez do encontro regional do partido na câmara de vereadores que decidiu por lançamento de uma única candidatura a deputado estadual pela legenda na região. O evento contou com a participação do presidente do partido na Bahia, Gorge Gurgel, coordenador regional Florionato (Quito), ex-prefeito de Ilhéus e atual secretário de meio ambiente Antônio Olimpio,presidente da câmara de vereadores de Itabuna Loiola, ex-vereador de Itabuna César Brandão, Vereador pela cidade de Ilheus Marcos Flávio, presidente do PPS de Itajuípe Erenilson Santos (Erê), Mario Jorge secretário de cultura da cidade de Porto Seguro e lideranças partidarias da região. Durante o encontro Loiola confirmou sua pré candidatura a deputado estadual e disse que o partido saberá tomar a decisão que seja melhor para o povo de itabuna e região e que seria uma honra concorrer com o companheiro partidário César Brandão a vaga na estadual pela região cacaueira. Brandão mostrou se confiante no projeto da estadual do partido para o sul da baiano. Segundo Gurgel o PPS esta em 263 municípios baiano e a palavra dentro da legenda é organização.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

PREFIETO NÃO APARECE EM ENCONTRO NA PITANGUEIRA COM MORADORES



Ansiosamente aguardado no bairro da Pitangueira para uma reunião (nove de novembro), tendo como “ordem do dia”, ouvir do prefeito o porquê acabar com o único campo da comunidade. Sendo informado da fúria dos moradores pelos seus escudeiros, o prefeito Marcos Dantas não apareceu, tampouco mandou representante. Segundo moradores o projeto do prefeito (que detesta esporte), é construir uma creche no local do campo, com a promessa de contemplar com a construção do campo em outra localidade. Mas diante do descaso do prefeito com o esporte na cidade,a comunidade pitangueirense não confia na “boa intenção” do chefe do Executivo, não querem descobrir um santo para cobrir outro.”Sabemos que a creche é importante, mas, nada nos garante que a promessa será cumprida, tanto que nem aqui o prefeito apareceu para olhar em nossos olhos” – foi o que disse uma moradora furiosa. Ao tomar conhecimento na câmara de vereadores pelo vereador Gilvan Rosa Ribeiro (Van Baster), que pediu através de requerimento satisfação ao Prefeito, o presidente da câmara Zezinho Mansur disse: “esta causa tem que ser discutido, deliberado com o povo da comunidade, sabe se que a creche é importante, mas o bairro não pode ficar sem a única área desportiva que serve ate outros bairros”. Diante da falta de informação pelo prefeito a comunidade está se organizando para fazer uma grande mobilização na frente da prefeitura com faixas, cartazes e sonorização para fazer o prefeito MD desistir da ideia.

sábado, 14 de novembro de 2009

TIRE O TRASEIRO DA POLTRONA


É impressionante como A TROMBETA vem impactando o leitor, sobretudo com informações antes sufocadas à custa do conhecidíssimojabá”, recebido por parte de alguns setores podres da imprensa. A TROMBETA é esperada no meio dos leitores como um instrumento de informação por possuir conteúdo, fatos que eram imperceptíveis aos olhos da “imprensa fascista”. Estamos ajudando o povo a analisar Itajuípe por um novo ângulo. Basta dizer para os mais incautos não inventamos fatos, eles acontecem e se acontecem é um direito constitucional dos cidadãos conhecerem as versões dos mesmos. Bem como é direito a saúde, educação, segurança publica, cultura, esporte lazer e transparência das coisas publicas. O que é publico é da conta de todos. Afinal você sabe para onde vai o dinheiro publico? Se não sabe está na hora de se interessar. Tire o traseiro da poltrona vá até a câmara de vereadores, pesquise na Internet, peça orientação ao prefeito, promotor de justiça. Mas saia da inércia, só participando é possível construir um futuro mais progressista. A TROMBETA vem contribuindo com o futuro de Itajuípe graças aos nossos sábios leitores já é possível influenciar nas decisões publicas em nossa cidade. Como a informação do “roubo do barracão”, “apropriação indébita”, “obras paralisada”. Tudo isso é da nossa conta. Todavia somos-nos quem pagamos as contas com impostos, taxas e contribuições corretamente em dia, não somos melhores contribuintes da Bahia. Somos contribuintes. Temos direito a informação precisas e corretas do publico.

ZEZINHO MANSUR VOTA NA APROVAÇÃO DAS CONTAS DE DR. PAULO MARTINHO, MAS, VEREADORES REJEITAM.


Em sessão na Câmara (18), o presidente José Carlos Mansur Gonzaga votou contra o parecer do TCM (Tribunal de Contas dos Municípios), e parecer da Comissão Técnicas de Finanças, que pediam a rejeição das contas do ex-prefeito Paulo Martinho Apolinário da Silva. No parecer o relator Gilmario Costa (Zé do Lactário), optou por votar em separado as contas do ex-prefeito Valter José Gonçalves (Molico), também rejeitada pelo TCM, em 2004, quando Paulo Martinho e Molico revezaram o cargo de prefeito. O TCM condenou Martinho a devolver aos cofres públicos 1.600 (hum milhão e seiscentos mil reais), em 2007. Em sua defesa no parlatorio da câmara, o ex-prefeito Martinho disse: - não errei em beneficio próprio,tanto que vivo das custas do meu salário de medico, se tivesse 1.600 milhão,não estaria trabalhando em Cafundó (distrito de Itapitanga). Segundo o vereador Zezinho Mansur a rejeição das contas de Paulo Martinho pelo TCM, trata-se, de erros técnicos, como foram as do prefeito Marcos Dantas, aprovadas pela Câmara. “Voto contra o parecer do TCM e da Comissão Técnica de Finanças, Paulo Martinho não é meu inimigo político, temos uma boa relação” disse Mansur. Votaram no parecer do relator que aprovaram as contas de Molico e rejeitaram as de Paulo Marinho os vereadores – Edmilson Borges, Vinicius Guimarães, Fábio Almeida, Gean Silva. Vam Baster não compareceu a sessão. Eduardo Portela e Conceição Leite votaram contra a rejeição das contas, que foram rejeitadas por 5 a 3, em uma sessão marcada pelo respeito à diversidade de pensamentos, sobre tudo do presidente da casa legislativa, mesmo sendo do grupo político do prefeito Marcos Dantas, não acompanhou a recomendação do prefeito, que pedira a degola do ex-prefeito a sua bancada na câmara.

PREFEITO NÃO CONCLUI OBRAS E DINHEIRO PUBLICO VAI PARA O RALO


Uma obra orçada em 780 mil, autorizada pelo então governador Paulo Souto a revitalização do parque dos lagos ainda não saiu do papel, completamente inacabada a comunidade ainda espera a conclusão, que segundo o prefeito Marcos Dantas seria o atrativo turístico de Itajuípe, “fonte de geração de emprego e renda para a cidade”. Para os deputados do prefeito Cláudio Sampaio e Heraldo Rocha seriam o segundo ‘Dique do Tororó’(cartão postal de Salvador capital baiana), mas infelizmente o que se ver é uma calçada rústica onde pedestre e bicicletas disputam espaços sem delimitação. “Pelo projeto a obra teria ciclovia, calçada para pedestres, iluminação, arborização e guarda corpo (proteção para evitar acidente com crianças no lago), mas tudo ficou no papel” – lembra uma funcionaria publica que não quer ser identificada temendo retaliações.

 De forma igual espera se ainda a construção das 300 casas populares que começou a cinco anos, também autorizadas pelo ex-governador, orçada em 540 mil, verba do programa Viver Melhor, não concluídas. Indicações dos deputados do prefeito cujo nome do condomínio homenageara o deputado Heraldo Rocha. Coincidentemente a placa que tinha as referencias da construção sumiram em um toque de mágica. Na obra das casas populares o prefeito foi denunciado no Ministério Publico pelo proprietário da empresa Cape Consultoria (sede em Eunapolis), de pedir e receber um carro Vectra de propina para construir as casa e gerenciar o transporte escolar no inicio do primeiro mandato. Todavia pode está aí, o motivo de Itajuípe não fazer parte do programa “Minha Casa Minha Vida” do governo Federal.

FUNCIONARIO PASSA VERGONHA EM SUPEMERCADO


É de responsabilidade do prefeito Marcos Dantas em repassar mensalmente o valor descontado em folha, a empresa que administra o cartão Gold Card. Só que há três meses segundo um funcionário, o prefeito não vem repassando o valor descontado, causando constrangimento aos servidores públicos na hora de pagar compras com o cartão. Diante desse imbróglio o cartão não tem mais valor no comercio de Itajuípe. Uma outra funcionaria publica disse estar constrangida e humilhada depois que fez compras em um supermercado local, e na hora de passar o cartão, veio o aviso que não poderia pagar as compras com o cartão, pois a prefeitura não havia repassado o valor pactuado, o cartão estava bloqueado. Para apurar as constantes denuncias a câmara de vereadores enviou requerimento ao prefeito. O sindicato dos servidores públicos segundo uma funcionaria publica soube do ocorrido mais não se manifestou. Além do cartão Gold Card sem repasse o prefeito, também desconta INSS do servidor e não repassa ao órgão Federal. “O não repasse ao INSS implicará em dificuldade para a aposentadoria” – diz prepostos do INSS.
A prefeitura de Itajuípe através do seu gestor Marcos Barreto Dantas vem cometendo apropriação indébita desde o primeiro dia do seu governo. Fatos como banco Rural (empréstimo consignados), INSS e agora Cartão Gold Créd a TROMBETA vem denunciando constantemente, mas infelizmente a justiça faz vista grossa.

"ITAJUIPE ESTÁ MIL MARAVILHA" ?


Parece-me que o livro de cabeceira do prefeito Marcos Dantas é “O Príncipe” de Nicolau Maquiavel. Digo isso porque as atitudes do prefeito estão extrínsecas aos olhos de quem já teve a oportunidade ou curiosidade de ler o pensador italiano. Em alguma parte do seu livro Maquiavel ensina que para “O príncipe” se manter no poder tem que subestimar o povo, levar humilhação total, se preciso for. Quanto maior a submissão fica mais fácil o poderio. Não entendo, espero ainda compreender aonde o “melhor prefeito da Bahia” quer chegar. Qual o método administrativo que está implantando na sofrida Itajuípe que amarga à liderança em consumo de drogas e vice em prostituição infantil. Segundo dados do Território Sul da Bahia entre 26 cidades da região. Itajuípe está morrendo. A juventude não tem amparo e, escancaradamente clama por uma alternativa, a violência se alastrou a saúde e educação infinitamente precisa melhorar. Diante de tantos problemas sociais para ser enfrentados, debatidos e solucionados, o prefeito zomba, faz pouco caso convidando Paulo Souto, Cajado, Heraldo, ACM Neto e filho para inaugurar um pedaço de calcamento depois de cinco anos no poder. Interessante destacar que foi com recursos próprios. Porque as únicas obras que Cajado e Heraldo fizeram à indicação quando Paulo Souto era governador - o complexo turístico do lago e as casa populares, não foram para frente. Obras estas eleitoreiras para enganar o povo desta terra. Se o calcamento da rua “Boa Vista” foi com recursos próprios por que o prefeito quer subestimar o povo? Insinuando que os seus deputados fazem por Itajuípe. Faz e fez o quê mesmo? Tem um prêmio quem apontar uma conquista dos deputados do prefeito para esta comunidade. Como está aproximando a eleição não será estranho o prefeito associar o salário do funcionalismo publico em dia, uma reivindicação de Heraldo e Cajado junto ao governo federal e estadual. Aí já vai ser subestimação de mais para seus eleitores, principalmente para aqueles que não querem enxergar a verdade por “puxa-saquismo” mesmo. Só para fim de lembrete a rodovia Itajuípe/Coaraci tem mais buracos do que pista. É da competência do deputado Heraldo Rocha. Por que ele não reivindica ao governo estadual? Por que é oposição ao governo Wagner. Todavia se o povo continuar com os “olho
s vendados” vai continuar sonhado que os deputados do prefeito vão fazer algo por Itajuípe. Não tem força política para trazer nada. Exceto vir aqui farrear e buscar os votos que precisam para se manter no poder com falsas promessas. O compromisso do prefeito com os seus deputados é algo oculto, só eles sabem o motivo. Aquém do que Itajuípe merece, é claro, para transformar-se em uma cidade desenvolvida e promissora. Deixe pra lá, os outros prefeitos não pagaram salários em dia mesmo. Tudo pode em nome do passado. As subestimações dos seus eleitores fazem parte dos ensinamentos maquiavélicos para se manter como “O Príncipe”. E os problemas sociais da cidade? Problema? Que problema? Os deputados do prefeito que moram em Salvador não disseram na rua “Boa Vista” que Itajuípe está mil maravilhas. Deixa tudo pra lá minha gente, o prefeito está pagando em dia",. No futuro os fins justifica os meios. - como dia Maquiavel.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

TCM REJEITA CONTAS DE MARCOS DANTAS 2008

Mais uma vez o TCM (Tribunal de Contas dos Municípios), rejeitou as contas do prefeito Marcos Barreto Dantas, estas referente ao exercício de 2008, conforme parecer: 00379-09, e processo: 07644-09, e o mesmo terá de fazer devolução de 3 mil, reais aos cofres público. Dantas tivera as contas de 2005,2006 também rejeitadas pela corte. Todos os dados, se encontram no site www.tcm.ba.gov.br.

ITAJUÍPE,DESCASO ADMINISTRATIVO.

As mazelas do prefeito Marcos Dantas já se disseminou: Os absurdos vão desde apropriação indébitas como os 119 reais, dos agentes comunitário que o prefeito não repassa mensalmente, aos constrangimentos que funcionários vem enfrentando na hora de efetuar compras com o cartão Cold Card, é vergonhoso e não para por aí. Não repassa também os valores descontados em folha(empréstimos consignados), como é o caso do banco Rural e INSS. Os agentes comunitários pediu a intervenção da câmara de vereadores(dia 12 de novembro), e estão se preparando, caso não tenha a demanda atendida - paralisação.
SAÚDE
O Hospital Doutor Montival Lucas que presta serviço ao município está faltando médico, por conta do minguado repasse do município - 20 mil reais mensal. Durante a sessão na câmara de vereadores(5) o edil Eduardo Portela teve um "mal-estar" e sentiu na pele a falta de médico. Teve que ir as pressas para a cidade de Itabuna.
Nos PSF (Programa de Saúde da Família), não é diferente, é uma raridade atendimento médico.
EDUCAÇÃO
Colégio Diogenes Vinhais está com um banheiro quebrado pelo menos há 6 meses, causando um incomodo para alunos e professores que não suportam mais o mal cheiro que exala por todo o prédio..
ARQUIVO PUBLICO
No arquivo publico do município onde se encontra os documentos importantes do município, todo o acervo histórico inclusive, as obras literárias do escritor itajuipense Adonias Filho não tem energia. Segundo informações de fontes que não querem serem reveladas - a falta de energia e água se dá por conta de não pagamento da fatura.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

LITINHO O AMIGO DO ESPORTE ITAJUIPENSE


Com as praças esportivas sucateadas, interditadas e entregue ao abandono, as poucas e valiosas ações desportivas acontecidas no município são realizadas por cidadãos que acreditam no esporte como instrumento de transformação social. Como é o caso do senhor Wanderlito Barbosa de 79 anos, que realizou no dia 27 de setembro no precário ginásio de esportes, sem reforma, os Jogos primaveril de Handebol, uma competição bastante movimentada dentro e fora de quadra com queima de fogos de artifícios anunciando a chegada da primavera, charanga executando a canção da primavera em passeata pelas principais ruas da cidade com carro de som tocando a musica aquarela do Brasil, foi observada pela comunidade que saia as portas para ver o desportista Litinho e suas atletas comemorando a vitoria sobre o selecionado coaraciense pelo placar de 22 a 15. Fora de quadra não houve perdedoras, todos se confraternizaram com um almoço em um restaurante local, tudo pago com o dinheiro do próprio bolso do competente desportista que mantém a escolinha com muito sacrifício.
A Pirangy Escolinha de Handebol foi criada em 17 de julho do ano de 2002, com intuito de socializar através do esporte. Segundo Litinho a escolinha conta com crianças, adolescentes e adultos de todas as classes sociais. E para participar basta comparecer aos treinos que acontecem as quartas-feiras e sábados, sempre às 16horas. Para o incansável Litinho que é responsável pela pratica de handebol em Itajuipe desde 1968, época em que o estado tinha o Colégio Diogenes Vinhais como melhor selecionado do sul da Bahia. No entendimento do professor Litinho Itajuipe enfrenta hoje a decadência, faltam ações publicas como reestruturação do ginásio de esportes, campo de futebol e construção do ginásio de esportes do colégio Diogenes Vinhais. “Iniciei quando professor de educação física a reforma, mas infelizmente não pude concluir, ainda continua do mesmo jeito, a cada dia está difícil acreditar nos homens públicos, vez que necessário se faz capacidade e seriedade administrativa. Esporte é vida e tira o jovem do caminho que leva a perda da liberdade ou da vida” exclama o desportista, escritor Litinho. No dia 28 e 29 de novembro Litinho será homenageado, com uma copa que leva o seu nome: Wanderlito Barbosa, nas cidades de Itabuna e Coaraci pela Associação Regional de Handebol, devido sua dedicação e amor pelo esporte. Enquanto isso o experiente professor Litinho segue fazendo o que mais gosta: esporte e literatura. Em breve concluirá o seu mais novo livro “Plante que a terra garante”.

domingo, 8 de novembro de 2009

CRIANÇA MORRE DE BAIXO DE ONIBUS EM ITAJUIPE






Duas crianças caíram de baixo de um ônibus na rua Olavo Batista em Itajuipe(8), por volta da 19h. As crianças descia da rua Frei Bento de Souza - Centro - em uma bicicleta quando foram surpreendidas por um ônibus da empresa Rota que voltava de uma excursão. O resgate foram feito por populares e durou aproximadamente 30 minutos. Durante o salvamento uma das crianças ja estava sem vida, ambas foram levadas de ambulância para o hospital. Temendo lixamento do motorista por populares a policia militar deu proteção ao motorista do veiculo. Segundo testemunhas a bicicleta das crianças foram tirada do local e não tinha freios o motorista do ônibus nada pode fazer para evitar a fatalidade. As crianças de aproximadamente 10 anos ficaram presas nos pneus traseiro do veiculo.

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

O LADO PODRE DA JUSTIÇA BAIANA



O Judiciário baiano é o pior do Brasil. A afirmação não é minha. Sim da Fundação Getulio Vargas depois de realização de pesquisa de opinião publica, que constatou também: o povo baiano não confia na justiça. Os motivos não são poucos.Basta dizer que recentemente um desembargador e três juízas foram afastados de suas atividades por venda de sentença a políticos corruptos ladrão do dinheiro publico. Nada simpatizante para quem tem alguma pendência , litígio, processo para resolver e dependa das decisões destes figurões criminosos da toga, claro, sem generalizar toda regra tem exceção e, em todas profissões existem os “sabidos”. Mas já diz o ditado popular – quando a sabedoria é demais engole o dono. Foi que aconteceu com os meritíssimos gananciosos que não se sacia com gordos salários e vantagens de toda sorte que o cargo lhes proporcionam. Imagine o quanto de políticos “fichas sujas” deve ter estes marginais da lei como refugio para não ter impugnação de candidaturas, por deixar de cumprir a lei de transparência e aplicação do dinheiro em favor da comunidade com educação, saúde, habitação, esporte e cultura, funcionando plenamente bem. O Conselho Nacional de Justiça (CNJ), detectou pagamento de férias a desembargadores aposentados, compra de tapetes persas superfaturados. Uma verdadeira baixaria judiciária. Para felicidade do povo baiano que a muito convivia com um judiciário podre. O CNJ começa a promover uma verdadeira varredura no TJBA, afastando juízes e desembargadores corruptos. A desembargadora Silvia Zarif presidente da corte está disposta a colaborar para que tenhamos uma justiça ágil e dinâmica. Oxalá que os deuses nos abençoes para que vejamos o judiciário baiano fazendo justiça,acabando de vez com o lado podre da justiça baiana.Tornando não o melhor do Brasil, mas, sim no justo, sem a vergonhosa venda de sentença.
Por: Erenilson Santos (Erê) Presidente do PPS - Itajuípe - BA

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

PENALTY EM ITAJUÍPE


Os funcionários da Penalty esperam que a campanha salarial deflagrada em 20 de outubro pelo o sindicato da categoria logo às cinco horas da manhã, traga a compreensão dos milionários proprietários da empresa para as questões dos trabalhadores quanto aos direitos trabalhistas. É verdade e todos nos sabemos que a empresa fatura mais de 17 milhões em Itajuípe e paga muito mal aos colaboradores que são pressionadas a produzir. A empresa em Itajuípe não dispõe de creche para os filhos dos colaboradores e o refeitório ainda não funciona, para garantir a sesta básica o funcionário têm que “largar o couro” e às vezes nem consegue a bendita sesta. Só para fim de lembrete a empresa é isenta de impostos e suas ações de responsabilidade social na cidade são aquém do seu faturamento.

domingo, 18 de outubro de 2009

ELEIÇÃO,SAGRADO TEM UMA MULHER COMO PRESIDENTE


O bairro Sagrado Coração de Jesus, realizou domingo(18 de outubro), eleição para presidente da associação de moradores. Com 106 votos Conceição da Silva Oliveira derrotou em uma disputa acirrada Ailton José de Oliveira pela diferença de 2 votos. Pardal como é conhecido por todos obteve 104 votos,a eleição durou 6 horas. Tiveram ainda 12 votos nulos,5 abstenções e 3 votos brancos, em uma disputa democrática compareceram ao todo 230 eleitores acima de 16 anos de idades." Perdi a eleição por diferença de dois votos, mas continuarei lutando por essa comunidade que precisa de mim" disse Pardal. Bastante emocionada a professora Conceição Oliveira prometeu empenho nas reivindicações da comunidade.Para Erenilson Santos(Erê, foto), que presidiu a comissão eleitoral, os moradores da comunidade exerceram a cidadania com uma escolha bastante democrática.


terça-feira, 13 de outubro de 2009

PREFEITO RECEBE VERBA E NÃO CONSTRÓI GINÁSIO DE ESPORTES

Conforme o extrato de contrato com número 060/2006, a Prefeitura de Itajuípe assinou em 11 de dezembro, do mesmo ano, contrato com a construtora Modulo Ltda. Segundo o contrato a empresa seria responsável pela construção de um Ginásio Poliesportivo e um prédio para funcionar um PSF (Programa de Saúde da Família), o valor global de 675.982,78(seiscentos e setenta mil e novecentos e oitenta e dois reais e setenta e oito centavos), seria para execução das obras. Estes dados se encontram no DOU (Diário Oficial da União), número 18, de 25 de janeiro de 2007. O estranho é, que na cidade não foi construído, pelo menos nos últimos vinte anos, nenhum ginásio poliesportivo. Enquanto o ginásio não aparece o prefeito Marcos Dantas segue sem prestar conta a sociedade dos seus atos administrativo

domingo, 11 de outubro de 2009

POPULAÇÃO RECLAMA DA CONSTANTE FALTA DE ÁGUA EM ITAJUÍPE

A população de Itajuípe não aguenta mais a constante falta de água."Não sei o que está acontecendo todos os dias falta água na cidade, alguém tem que fazer alguma coisa, do jeito que tá não pode continuar. Reclama em coro os usuários. Na primeira semana de outubro a população ficou três dias sem o produto nas torneiras. Como se não bastasse, a falta de água vem se repetindo dia pós dia, sem que ninguém do SAAE( Serviço Autonômo de Água e Esgoto), comunique aos usuários os motivos dos constantes interrompimentos de água nas casas dos contribuintes. Só para fim de lembrete a prefeitura concedeu aumento astronômico na tarifa de água em setembro, onerando em mais de 37.8% os consumidores.

PREFEITO MARCOS DANTAS ARROCHA CONTRIBUINTES EM DIVIDAS COM MUNICIPIO

A pressão que o setor de tributos vem dando aos contribuintes com IPTU (Imposto Predial e Territorial),atrasados foge dos princípios do Código Tributário Nacional e Constituição Federal. Longe da tributação solidária com parcelamentos da divida dentro da capacidade contribuitiva do devedor, rejeita-se parcelamento. A ordem na Procuradoria Fiscal do Município é cobrar o débito de uma só vez. A pressão do governo é tão grande que chega ao ponto de prepostos do fisco, ameaçar em penhorar e confiscar bens. " Eles falaram que aceitavam até minha TV e geladeira como forma de pagamento, mas tinha que pagar tudo". Disse um contribuinte preocupado com o arrocho que o prefeito impôs. Temendo impacto nos parcos recursos que dispõe, contribuintes em atraso não sabem o que fazer e reclamam da insensibilidade do governo "marquista", que luta pelo não parcelamento da divida de forma solidária como determina o código tributário. A promessa de escrever todos os devedores na divida ativa do município é constante. Para Erenilson Santos da Silva presidente do diretório do PPS ( Partido Popular Socialista), mesmo com o nome na divida ativa, o contribuinte pode fazer requerimento desejando regularizar sua situação pedente, com parcelamento da divida antes e durante o processo judicial,através do termo de confissão da divida e autorizando emissão de títulos para cobrança mediante acordo judicial. O prefeito não pode impor sua vontade e, sim obedecer o que manda o código tributário do município e Constituição Federal. - Finalizou Erê.

domingo, 2 de agosto de 2009

FIM DO CONTROLE DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO



A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), na quarta-feira 17 de junho que derrubou por terra a obrigatoriedade do diploma, especifico para exercício da profissão de jornalista é um exemplo que a liberdade de expressão não pode estar limitada a um diploma. A profissão de jornalista está para aqueles que são vocacionados e tem intimidade com as palavras. Para o Ministro Ayres Brito o jornalismo, tanto quanto a literatura, a musica e pintura, não é ciência é no máximo arte. O Ministro César Peluso no seu voto contra o diploma disse: - “não existe no exercício do jornalismo nenhum risco que decorra do desconhecimento de alguma verdade cientifica”. O curso de jornalismo, portanto não garante eliminação das distorções e dos danos recorrentes a deficiências de caráter, retidão e ética.
Que bom, o STF fez valer o que está na Constituição, resolveu a polêmica com saber jurídico, bom senso e espírito público. Enterrando os resquícios da ditadura militar vividos até meados dos anos oitenta.

BARULHO NO BARRACÃO TIRA SOSSEGO DOS MORADORES



Moradores próximos ao Barracão queixam-se, que às cinco horas da manhã, diariamente o barulho tira o sossego. Segundo relatos de uma moradora que não quer se identificar todos os dias as ‘caçambas’, maquinas ligadas paradas nas portas das casas fazem barulho insuportável tirando a tranqüilidade. “Temos nossos problemas pessoais que às vezes nos tira o sono, além de dormir mal temos que acordar às cinco horas da matina com barulho ensurdecedor.” Desabafa um morador.

ITAJUÍPE PERDE MIL EMPREGOS GASODUTO




Se não fosse a falta de interesse do poder publico municipal através do prefeito Marcos Barreto Dantas as empresas consorciadas da Petrobrás responsáveis pela construção do gasoduto, poderiam se instalar em Itajuípe. A expectativa segundo relatos de prepostos das empresas seria de mais de mil empregos diretos. Mas não percebendo vontade por parte do prefeito Marcos Dantas acabaram se instalando na cidade de Coaraci que virou um canteiro de obras, gerando aquecimento do comercio local. Procurados os diretores das empresas GDK e Mendes Junior não quiseram falar sobre o assunto, mas deixaram bem claro nas entrelinhas que faltou vontade por parte do prefeito em facilitar a estada das empresas em Itajuípe. As obras vão durar aproximadamente dois anos e prometem empregos para mão de obras e profissionais qualificados. Segundo um funcionário da empresa Mendes Junior que não quer ser identificado, a empresa havia locado prédio em Itajuípe, mas teve que fazer destrato de locação devido à burocracia e exigência fiscal que foi implantado na prefeitura na hora de tirar alvará de funcionamento. Em Coaraci a prefeita Josefina Castro (PT), ofereceu estadia para a GDK no parque de Vaquejada do seu principal adversário político, o ex-prefeito Gima, no entendimento da prefeita o mais importante seria a geração de emprego na cidade. A TROMBETA esteve na cidade de Coaraci, por duas vezes para falar com a prefeita, a mesma estava em reunião no seu gabinete com os diretores da GDK. Segundo sua assessoria a prefeita Josefina estar feliz da vida por oportunizar o aquecimento da economia do município coaraciense com geração de emprego e renda.

MP FAZ VISTORIA E CONSTATA CAOS NAS PRAÇAS ESPORTIVAS DE ITAJUÍPE



Em operação realizada quinta-feira (16) julho, o promotor de Justiça Yuri Lopes Melo acompanhado do inspetor chefe de engenharia civil Manoel Ramos Filho, tenente do corpo de bombeiros Joilson Santana Brito e Vereadores, constataram de perto o caos no estádio Humberto Badaró e Ginásio de Esportes Municipal. No estádio os técnicos constataram: telhado completamente danificado, arquibancada com infiltrações, escadas sem guarda corpo, vestiário com cobertura esburacada, fiação elétrica com esparadrapo na cabine de rádio. A operação partiu de uma representação da câmara de vereadores ao MP. Segundo o presidente da câmara José Carlos Mansur Gonzaga a falta de manutenção está colocando vidas em risco. Para o vereador Eduardo Portela presidente da comissão de obras da casa legislativa não se trata de pessoalidade ou perseguição, sim evitar um possível acidente com pessoas que freqüentam os espaços esportivos e, que em curto prazo, acredita o parlamentar os responsáveis tomarão as devidas providencias para sanar o problema. O MP vez vistoria também no ginásio de esporte que se encontra com corrosões nas sapatas do teto preste a desabar por falta de reforma. Para o diretor de esporte do município José Carlos Santos Menezes a secretaria de esportes está realizando o campeonato interbairros e a interdição do estádio dificulta a conclusão do certame que está previsto para terminar em setembro, porém acredita, se for preciso o campeonato poderá dar seqüência em outro campo. Ao concluir as inspeções nas praças esportivas o promotor estendeu a operação aos bairros José de Anchieta e Novo I, onde fiações elétricas colocam vidas em risco constante, passando por cima e próximo às residências sem mínima segurança. No final da operação o promotor de Justiça Yuri Lopes Melo falou com exclusividade no seu gabinete no fórum desembargador Orlando Pereira Santos para o Jornal A TROMBETA que iria tomar as medidas necessárias, notificando primeiramente os responsáveis para que tome conhecimento dos problemas e os sane, e só depois do laudo dos técnicos do CREA (Conselho Regional de Arquitetura Agronomia ) e Corpo de Bombeiros em aproximadamente em quinze dias será possível, dar o parecer final, caso não seja tomada as medidas para sanar os problemas, pode chegar-se a interdição das praças esportivas por colocar vidas em risco.

COORDENAÇÃO DO PPA ERRA AO PERMITIR INSCRIÇÃO DE DELEGADOS



O lançamento e abertura oficial da campanha do PPA (Plano Plurianual de Orçamento Participativo), que teve abertura no Clube Kamuá, quinta-feira, 08 de junho, foi bastante participativo, autoridades e diversos seguimentos sociais marcaram presença e se misturaram durante a abertura do encontro que sugere indicação pela comunidade e execução de verba pública, com transparência pelo Executivo. Até aí tudo bem. Fato inusitado aconteceu mesmo foi na 1ª temática que envolveu os bairros Santa Rita de Cássia, Coração de Jesus e Vila Santa Rita. Com o tema Defesa da Criança e o Adolescente, realizada oito dias após abertura oficial com a presença do Promotor de Justiça Yuri Lopes Melo como mediador. Logo após a palestra do magistrado sobre os direitos da criança e adolescentes, o coordenador do PPA, Alex Santos Souza apresentou os candidatos a delegados das comunidades, dentre os noves inscritos aparece os nomes dos servidores públicos patrícia Marques e Mauricio Câmara. Segundo o decreto que regulamenta o PPA os funcionários públicos não podiam participar como delegados devidos o cargo que exercem na administração publica. Mesmo assim o comitê temporário permitiu a inscrição como delegados, fossem as votações pelos credenciados da comunidade com direito a voto. Para o presidente do PPS (Partido Popular Socialista), Erenilson Santos, que estava presente na audiência, a permanência dos delegados fere o decreto que regulamenta o PPA e encolhe o principio da igualdade, podendo mudar a proposta final. No entendimento de Erê a votação tem que ser cancelada para dá veracidade ao PPA 2010-2013.

LIGA ITAJUIPENSE NÃO TEM PRESIDENTE DIZ DENUNCIANTE


Munido de fartos documentos, em 17 de julho, João Carlos Cardoso de Jesus faz denuncia A TROMBETA e diz: “a Liga Itajuipense de Futebol não tem presidente” e, afirma que a pessoa que assume o cargo Valmir Neris Figueiredo está prestando um desserviço a uma instituição que tem quarenta e dois anos de existência. Segundo Dandão, como é conhecido por todos na cidade, o ultimo edital que legitimou a convocação para a Assembléia Geral Ordinária, em 09/02/2007, findou-se o exercício como presidente de Valmir Neres à frente da Liga desde fevereiro. Dandão é presidente do Flamengo de Itajuípe e acompanhou no dia 16 de junho, quinta-feira a vistoria do Ministério Publico e Vereadores no Estádio Humberto Badaró, patrimônio da Liga que se encontra sucateado, sem condições de praticas esportivas. Para Dandão a gestão de Valmir Neris foi focada em benefícios dos interesses da prefeitura, não existe transparência, tampouco prestação de contas aos clubes associados. O presidente do Flamengo de Itajuípe critica ainda os presidentes de clubes filiados a Liga que assistem de “camarote” o desmantelamento de uma instituição que existe há 42 anos, mas que infelizmente por ingerência teve que fechar as portas. Enquanto não se realiza a eleição, a Liga Itajuipense de Futebol segue sem presidente e direção sendo alvo de interdição pelo Ministério Publico.

INVESTIGAÇÕES DA OPERAÇÃO VASSOURA-DE-BRUXA AVANCAM

Itajuípe, Itabuna, Ilhéus e mais de vinte e sete municípios que foram alvo da operação vassoura-de-bruxa estão esperando o desfecho final do inquérito. Até aqui, a informação é que, além do empresário Nelson Rosado nove autoridades municipais estão indiciadas. Na relação de prefeituras investigadas Itajuípe aparece em destaque. As ações são referentes às administrações passadas com participação em fraudes com licitações e desvio de verbas públicas federais de aproximadamente 50 milhões de reais. Segundo o delegado Eduardo Assis da Policia Federal, a sociedade vais ter a resposta da operação que já dura sete anos. Todos os investigados já tiveram sigilo fiscal, bancário e telefônico quebrados pela Justiça Federal. Em Itajuípe, os Federais começaram logo na madrugada de 12 de dezembro, a fazer devassa completa no prédio da prefeitura nas áreas de licitações e contabilidade. Naquele dia, o prefeito Marcos Barreto Dantas, assinou documentos e foi liberado.

NADA,NADA ESTOU PAGANDO EM DIA



Político não nasce em árvore tampouco vem de outro planeta. Todos sem exceção, são criados pelos votos dos eleitores que de alguma forma confia em alguém como homem ou mulher capaz de representá-lo, pelo menos deveria ser assim. Itajuípe tem criado alguns políticos que estão se virando contra os seus criadores. Senão vejamo-nos: - quando o eleitor vota em fulano é porque acredita no seu potencial de representar suas reivindicações enfrentar desafios, para o bom andamento da confiabilidade através do voto por mais qualidade de vida. O povo confiou o mandato a Marcos Dantas. Ele prometeu: - emprego, esporte e inclusão social. Para espanto dos eleitores criador do “melhor prefeito da Bahia”, o mesmo não foi capaz de gerar um emprego na cidade, exceto cargo na prefeitura para afilhados políticos pertencentes às castas sociais que os sustenta através do voto como representante da dinastia. Mas para o povo o que foi mesmo que o prefeito fez? Nada. Até as empresas do gasoduto que tinha interesse em gerar emprego na cidade como Mendes Júnior, GDK não deu importância. Lá se foi mais de mil empregos embora, para nossa sorte ficaram em Coaraci. No entendimento do prefeito Marcos Dantas não tem importância ele está pagando em dia. Será que o prefeito temeu o aquecimento da economia local e o inverso com o seu principal carro chefe administrativo? Afinal seria mais de mil pessoas trabalhando, comprando vendendo e no andar da carruagem “pagamento em dia” não chamaria mais tanta atenção. A Mendes Júnior empresa consorciada da Petrobrás para construção do gasoduto tirou alvará para funcionamento em Itajuípe. O que foi que o prefeito fez para viabilizar a estada da empresa na cidade? Mais uma vez - Nada. Como não faz nada pelo esporte, como não faz nada para desenvolver projetos de inclusão social. Como não faz nada para melhor gerir os dois milhões que recebe todos os meses com transparência. Mas faz tudo para dizer que está pagando em dia.

Por: ErêDiretor Redator A TROMBETA - Presidente do PPS - Partida Popular Socialista. Itajuípe - BA

quinta-feira, 16 de julho de 2009

MP FAZ OPERAÇÃO E CONSTATA CAOS EM PRAÇAS ESPORTIVAS DE ITAJUÍPE

Em operação realizada quinta-feira(16) às nove horas, o Ministério Público através do promotor de Justiça Iury Lopes Melo, acompanhado do inspector chefe de engenharia civil Manuel Ramos Filho do CREA(Conselho Regional de Arquitetura e Agronomia), tenente do corpo de bombeiros Joilson Santana Brito e Vereadores vistoriaram e constataram de perto o caos no estádio Humberto Oliveira Badaró e Ginásio de Esportes Municipal. No estádio os técnicos observaram de perto telhado quebrado, arquibancada com infiltrações, escada da cabine de rádio sem guarda corpo e fiação elétrica com esparadrapo, vestiário com cobertura totalmente danificada. A operação partiu de representação da Câmara de Vereadores ao MP. Segundo o presidente da Câmara José Carlos Mansur Gonzaga a falta de manutenção colocam vidas em risco. Procurado para dá explicações aos técnicos federais, o presidente da Liga Itajuipense de Desportos Terrestre Valmir Figueiredo Neris não foi encontrado. O MP fez vistoria também no Ginásio de Esportes que se encontra com corrosões nas sapatas que sustenta o teto preste a desabar por falta de reforma. para o diretor de esportes do município José Carlos Santos Menezes a secretaria de esportes está realizando o campeonato intebairros e a interdição do estadio dificulta a conclusão do certame previsto para terminar em setembro, porém acredita se for preciso os jogos podem acontecer em outro campo a defenir. Ao concluir as inspecções nas praças esportivas o promotor estendeu a operação aos bairros José de Anchieta e Novo I, onde fiação eletrica colocam vidas em risco passando próximo as residências sem a mínima segurança. No final da operação o promotor falou com exclusividade para A TROMBETA no seu gabinete no forum Desembargador Orlando Pereira Santos que iria tomar as medidas necessárias, notificando os responsáveis para que se tome conhecimento dos problemas e sane, e só depois do laudo dos técnicos em quinze dias será possível dá o parecer final, caso não seja tomada medidas para sanar os problemas a interdição das praças esportivas serão certas, por colocar vidas em riscos.

quinta-feira, 14 de maio de 2009

ASSÉDIO MORAL NA PENALTY E AMEAÇA DE IR PARA O PARAGUAY

Diante de atitudes totalitária, ditatorial que chega a beirar, regime 'escravocrata' alguns monitores da Penalty, estão perseguindo os operarios ameaçando-os frequentemente, com farta distribuição de advertências sem que haja motivos. A coisa esquenta quando o trabalhador se nega a assinar as tais advertências sem sentido. Os assediadores ficam intimidando os trabalhadores com ameaças de suspensão. Esse comportamento já se configura como assedio moral,uma das denuncias que vem mais crescendo atualmente nos tribunais da Justiça do Trabalho. "Não é fácil para o funcionário receber um salário de 485 reais, por 227 horas de trabalho e ainda ter que sofre ameaças constantemente"- desabafa IFV, que não quer se identificar. A Penalty se instalou em Itajuipe em 2000, de lá pra passa por cima dos direitos trabalhistas. Não dispõe de refeitório, os funcionários são obrigados a sofre ameaças morais de superiores. Corre na cidade uma possível saída da empresa para o Paraguay, onde já se instalou uma filial, com mão de obra mais em conta. Em quanto a 'mega empresa' que fatura mais de 14 milhões, mês maltrata os seus colaboradores os poderes constituídos nada fazem. Nem se quer exige responsabilidade social, uma das clausulas para isenção fiscal, como o contrato de isenção finda ano que vem, os itajupenses podem dormir e acordar sem a Penalty.

domingo, 10 de maio de 2009

A TROMBETA E O PALADINO

Um povo que não conhece sua história é um povo sem memória. Recebemos muitos xingamentos por parte de alguns aloprados pelas benesses do poder, ao publicarmos o informativo combativo impresso - A TROMBETA. És aqui algumas das frases ameaçadoras: - não mexa com quem tá quieto; vou quebrar de pau; vocês são idiotas, não tem dinheiro para nos enfrentarmos. Diante destas frases deprimentes de meia dúzia de aloprados bajuladores do poder, só nos resta lamentar pela falta de cidadania, respeito a democracia e informação, que é um direito de todos. A nossa luta é pelo principio da igualdade, nada pessoal. Somos a favor do debate, dialogo, transparência da coisa pública e fervorosamente contra qualquer tipo de violência, perseguição ou ditadura. Como foi o ativista itajuipense Clodoaldo Cardoso, isto em 1956, quando lançou o informativo "O PALADINO", que defendia com vigor os necessitados,os menos favorecido sendo por isso considerado um comunista. Na verdade era um homem batalhador incansável pelas coisas populares, por isso foi perseguido e teve seus direitos políticos cassados pelos que fizeram a revolução ditatorial de 64, Clodoaldo foi um dos lideres politico a se incorporar na luta pela emancipação politica de Itajuípe. Como Clodoaldo somos também de origem humildes; somos também batalhadores, lutadores incansaveis na busca da transparência das coisas populares. Ao exercitarmos nossa cidadania, levando a informação, estamos dando continuidade a emancipação de um povo que precisa conhecer os dois lados da moeda. Compreendamos que a verdade dos fatos podem ferir interesses pessoais de alguns, todavia para nós diretores e redatores da A TROMBETA, como foi "O PALADINO" do saudoso Clodoaldo Cardoso, é dá continuidade na emancipação de uma Itajuípe que ainda beira a dinastia. A nossa luta é por mais igualdade social, conservamos dentro de nós, o sonho de uma Itajuípe para todos.
Por - Erenilson Santos (Erê) Diretor e Redator da - A TROMBETA

terça-feira, 5 de maio de 2009

O PRÍNCIPE E O QUEIJO

O princípe para os maquiavélico - praticadores dos ensinamentos e conselhos de Nicolau Maquiavel, são aqueles que estão no poder, este mesmo poder é algo que pode-se, conquistar ou manter de varias formas, o que conta é ter o poder, não importa como. Para o pensador italiano Maquiavel o prefeito Marcos Dantas seria um príncipe por estar em uma situação, posição de lisonja - "administra 21 milhões",boa dinheirama, tem ao seu lado, os seus "escudeiros"e também os bajuladores do poder - são aqueles que só dizem: amém, amém - não porque não sabem criticar, mas porque não sabem viver sem o seu "queijo", que locupletam, farinha pouca meu pirão primeiro, "...e que tudo mais vá pro inferno" , como canta o cantor romântico Roberto Carlos. O mesmo Maquiavel disse: - os homens são ingratos volúveis e avidos de lucros. Imagina-se, nenhum poder é eterno tudo na vida passa, o tempo e responsável pelo desgaste humano. Como disse o pensador - que serve de inspiração para muitos políticos - o povo é volúvel. O povo pode agir temendo perder seu queijo. Pode estar se perguntando agora, mas que "queijo" é este que este amalucado tanto fala? Para Maria Clara Biase - escritora tradutora do livro norte americano - "quem mexeu no meu queijo". O "queijo" pode ser o que consideramos mais importante: as benesses para poder se ausentar de pensamentos lógicos, éticos e senso críticos temendo mudanças, às custa do já citado chavão: - farinha pouca meu pirão primeiro.Da mesma forma que Maquiavel disse: - o povo é volúvel - quis insinuar com outras palavras: o poder é voluvel. Pois é o povo que tem o poder, mesmo às vezes deixando-se levar pela vaidade, egoísmo,comodismo por conta da pura conviniencia. Se voltarmos nossos pensamentos, para Itajuípe e fazermos uma breve reflexão sobre o poder "marquista"veremos que existe algo inesplicavel, não lógico quando se trata de liderança. O príncipe - Dom Marquito - perde todas as eleições de presidente de associação de moradores. Será por quê,é onde estão realmente o povo, sem queijo? Como o homem é volúvel - como disse o pensador Maquiavel. "Dom Marquito " vai chegar em Itajuípe um dia e perguntar: - quem mexeu no meu queijo? E aí irás descobrir: o povo realmente e volúvel e ingrato para aqueles que se envaidece com o principado baseado nos ensinamentos maquiavélico.
Por: Erê Cabelos - email - erecabelos@hotmail.com

domingo, 19 de abril de 2009

PREFEITO ABANDONA OBRAS



Moradores do bairro Novo II e povoado de Ruinha de São Cristóvão, estão enfrentando dificuldades com a paralisação das obras de calçamento. As obras começaram em junho e Setembro do ano passado. No bairro Novo II, é possível ver um trator quebrado e ruas interditadas com entulho, causando transtornos para pedestres e veículos que transitam pela aquela comunidade. “ A gente foi esquecidos depois da eleição” – disse uma moradora que não quer se identificar. Segundo ela, depois da eleição o prefeito não deu mais a atenção que vinha dando. Embora o vereador Gilvan Rosa Ribeiro ( Wambaster) –PC do B -, tenha feito pedido de providência na câmara para solucionar o problema, até agora nada foi feito. “Quero saber quando é que vai retornar as obras” – indagou o vereador Wambaster na tribuna da câmara. No povoado da ruinha de São Cristóvão a situação não é diferente. O prefeito começou o calçamento em Setembro e não deu continuidade. Sem respostas do Executivo as duas comunidades convivem de perto com ruas esburacadas, lama e poeira. “Nós pagamos impostos, merecemos respeito” – desabafou um morador.

RUINHA DE SÃO CRISTOVÃO

Atendendo reivindicações do povoado o vereador Eduardo Portela (PMDB), fez pedido de providencia na câmara para melhoramento no sistema de energia elétrica. Solicitou também do Executivo empenho no sentido de viabilizar melhoria no sistema de abastecimento e na qualidade da água distribuída aos moradores da ruinha de S. Cristóvão. Segundo o vereador Portela, os moradores vêm se queixando das quedas de energia elétrica e a qualidade da água constantemente. “A nossa água é turva com sabor desagradável, estamos colocando nossa saúde em risco, a energia é um problema constante” disse a moradora. “O meu papel como vereador estou fazendo, vou levar para câmara todas as reivindicações de importância para comunidade” – exclamou - Portela. “O SAAE – Serviço Autônomo de Água e Esgoto, vem sofrendo com inabilidade dos gestores, há vinte anos, o quadro de pessoal é pequeno,precisa-se fazer reforma nos filtros, registros e válvulas. Só em longo prazo para sanar as irregularidades” disse – Clécius Amambay da Rocha - secretário de administração e finanças do município. Para Eduardo Portela o povo tem pressa em ser assistido pelo poder publico e sua função como legislador é levar a demanda da comunidade aos órgãos competentes e a questão da água requer urgência por se tratar de uma questão de saúde publica. O vereador também pediu providencia para reforma dos canteiros da rua Amandio Mendes da Silva e saneamento básico da rua Elísio Bezerra, no bairro Alto da Liberdade e instalação de um telefone publico na Ilha Valentim Neves, no mesmo bairro. Segundo ele os canteiros necessitam de manutenção, pois serve de local de lazer, bate-papo da comunidade e, o telefone publico vai facilitar a comunicação dos moradores que na maioria das vezes tem que se deslocar para outro telefone que fica distante.

OPERAÇÃO VASSOURA - DE - BRUXA




A Policia Federal ainda não divulgou o resultado da operação vassoura-de-bruxa que foi deflagrada em 12 de dezembro do ano passado em 30 municípios do sul da Bahia. Dentre eles Itajuípe. Os agentes da Policia Federal estavam investigando pelo menos há, dois anos, prefeitos , secretários pelos crimes de licitações forjadas, uso indevido do dinheiro publico.Montante do desvio pode chegar a 28,5 milhões. O prefeito Marcos Barreto Dantas (PP) é parte indiciada no inquérito que corre em segredo de justiça. Além de Dantas, os ex-prefeitos – Dílson Argolo (Uruçuca),Pedro Jackson Almeida (Itapé), Williams C. Santana (Almadina), Fernando O. Gomes (Itabuna), compõem a lista de prefeitos que estão na mira da Policia Federal , Controladoria Geral da União e Ministério Publico Federal.


ABORDAGEM FEDERAL

Manhã de 12 de dezembro de 2008, aniversário de 56 emancipação política de Itajuípe. Policia Federal, chega na cidade ás 5 horas da manhã. Vai até a residência do prefeito Marcos Dantas. Não encontrando desloca-se à residência do chefe de gabinete Marcio Barbosa que levam os agentes Federais á prefeitura. Os policiais permanecem no local por cinco horas. Vasculham os setores de contabilidade e compras. Apreende computadores,HDs, CDs e pastas. O prefeito Marcos Dantas aparece, assina documentos e liberado dando seguimento aos festejos cívicos.

CARGO PARA APADRINHADO POLITICO


O prefeito Marcos Barreto Dantas (PP), criou mais um cargo - ouvidoria publica. A ouvidoria serve para encurtar a distância entre a prefeitura e os munícipes. A frente do cargo o prefeito colocou Ivan de Oliveira Santos Junior – 31 anos. Ivan Junior foi derrotado como candidato a vereador pelo partido DEM na ultima eleição. A finalidade da auditoria e receber, encaminhar e acompanhar as demandas, reclamações, elogios e sugestões referentes aos serviços prestados pelo município.Além da divulgação de serviços competentes a ouvidoria, elabora e divulga relatórios semestrais, sobre atividades, apresentando simultaneamente, ao prefeito propostas para soluções de situações recorrentes da comunidade. Espera se agora que o prefeito informe aos cidadãos a criação do órgão, e como os munícipes podem participar do governo participação e cidadania. “Que tudo não passe de cabide de emprego para consolar apaninguado político ou corporativismo , afinal o salário do ouvidor será de 3 mil reais, que provera do erário publico. Valor o suficiente para os cidadãos serem bem atendido pelo titular do recém criado cargo” diz o presidente do PPS – Erenilson Santos. Para Erê seria interessante que o prefeito use dos 80 mil reais, que existe no orçamento anual para propaganda, e leve até o povo a utilidade da ouvidoria publica, na construção de um município de direito para todos

PRAÇAS ESPORTIVAS ESTÃO SUCATEADAS EM ITAJUÍPE





Além do quase nenhum incentivo ao esporte em Itajuípe por parte da prefeitura. Os desportistas convivem de perto com o sucateamento das áreas que deveriam ser de praticas desportivas. A quadra municipal na rua Alcino Nascimento, se encontra totalmente abandonada, servindo de refugio para usuários de entorpecentes e animais peçonhentos. O estádio Humberto Badaró, de responsabilidade da Liga itajuipense de futebol, o teto da arquibancada, banheiros, completamente deteriorado. O ginásio de esportes, sem as mínimas condições de praticas desportiva, piso, banheiros tudo muito bem danificados pelo tempo, sem passar por qualquer reforma.Tudo isso foi o que constatou a Comissão Técnica de Obras da Câmara de Vereadores, presidida pelo vereador Eduardo Portela (PMDB), Que fizera vistoria aos locais conjuntamente com os demais vereadores. O Município tem orçamento de 96 mil, para manutenção e apoio ao esporte amador, espera-se que o prefeito viabilize investimento para sanar os problemas nas praças esportivas. Enquanto as reformas não acontecem o esporte vem jogado ao esquecimento em Itajuípe. Os poucos acontecimentos esportivos na cidade, se dão por conta da vontade e incentivos de cidadão que acreditam no esporte como instrumento de transformação social. “Hoje em Itajuípe não tem mais interbairros, campeonato intermunicipal, vôlei, tudo foi abandonado pelo prefeito” – diz os desportistas em coro. Segundo o Presidente da Câmara de Vereadores José Carlos Mansur Gonzaga (PP), o legislativo vai encaminhar o parecer da comissão aos órgãos competentes, para que se tome a devida providencias em tempo breve.
Por: Erê Cabelos

segunda-feira, 30 de março de 2009

REDEMOCRATIZAÇÃO DO BRASIL


Políticos que tem suas origens no coronelismo político, ainda não entenderam a mensagem que a redemocratização brasileira, período pós ditadura clama. Com a redemocratização ficou óbvio que existe uma abertura gigantesca para o cidadão comum intensificar a fiscalização do que é publico. Estamos vivendo na era da internet, noticia rápida, liberdade de expressão. Assim, não é difícil de entender: políticos que pensam em burlar o dinheiro publico, podem até não ficarem presos, mas podem serem pegos com as mãos,na botija. Para não chamar de ladrão, podemos considerá-los como ímprobos. Para complicar ainda mais a vida dos ímprobos, foi criada a lei de responsabilidade fiscal, que deixam muitos políticos engasgados, por falta de displicência dos artigos, parágrafos e incisos que vem sendo como teias para pegar os malversadores, usurpadores do dinheiro publico pelas mãos, deixando os sem voz. A redemocratização também convida o cidadão comum a participar da vida administrativa da comunidade onde mora, através dos conselhos de educação, saúde, merenda escolar, cultura, meio ambiente, desenvolvimento social, conselho tutelar, segurança publica, associação de moradores, partidos políticos, grêmios estudantis, estes são alguns dos instrumentos que chama o cidadão a fiscalizar o que é público, o que podemos chamar de fortalecimento do poder local. Podemos-nos participar, temos o direito de opinar. Não podemos esquecer que existe também o orçamento participativo e conferencias municipais que tem quer ser abertas aos munícipes. Tudo para transformar o cidadão comum, num cidadão gestor e co-responsável pelo que é público, um ator social. Se nós atores exercitarmos nossa cidadania, iremos aos poucos transformando o obscuro em transparente, assim transformando pessoas simples em gestores públicos e legisladores capacitados para entender o que pede a redemocratização do Brasil: transparência com o que é publico. Nesse entendimento da transparência do publico, responda-me, quem quiser. Qual a obrigação que tenho de ser subserviente a politicalha do prefeito Marcos Dantas? Para os seus escudeiros e os mais incautos sim, tenho que ser um capacho, lambe botas. Mas como conheço meus direitos e deveres, sei o que é público e privado, considerando-me, um ator social exercendo minha cidadania, posso dizer categoricamente: o prefeito Marcos Dantas é nosso funcionário. Bem como o governador Jacques Wagner, o presidente Lula. Todos são pagos com o dinheiro gerado pelos nossos impostos, dinheiro este, público. Tem a obrigação de governar para todos independentemente de cor, credo, situação econômica ou lado político, respeitando a liberdade de expressão de qualquer cidadão, não perseguindo. Não sou obrigado a não pensar; a não falar; a não escrever, para agradar um governo que considero chinfrim. O prefeito e seus escudeiros não vão calar a minha voz, a minha liberdade de expressão e pensamentos, não são vendáveis. O mundo precisa de pessoas que leiam, desenvolvam a arte de pensar e, sonham com uma humanidade melhor. Insisto em dizer: Itajuípe precisa ser melhor; o dinheiro publico tem que ser aplicado com transparência; tem que se valorizar gente de carne e osso; a educação,a saúde, cultura, esporte tem que avançar. A inclusão social é remédio para qualquer mau. O conformismo é o carcereiro da liberdade, o inimigo do crescimento. (John Kennedy). Um povo que pensa, critica e fala é um povo sadio. Os que usam o poder; o dinheiro público para controlar os outros, perseguindo, estão despreparados para possuí-los. É possível destruir o sonho de um ser humano quando ele sonha para sí, mas é impossível destruir seu sonho quando ele sonha para os outro, a não ser que lhe tire a vida - (Augusto Cury). O homem que se vinga quando vence não é digno de sua vitória - (Voltaire). Para finalizar: A paciência é amarga, mas seus frutos são doces - (Kant).

Viva a redemocratização do Brasil!


Por: Erenilson Santos - Presidente do Partido Popular Socialista (PPS)

e-mail: erecabelos@hotmail.com

domingo, 8 de março de 2009

ELEIÇÃO DA PITANGUEIRAS 2009

No próximo dia 15 de marco, os moradores do bairro José de Anchieta - Pitangueiras - irão as urnas para eleger por votação popular o presidente da Associação dos Moradores, para o biênio 2009/2010. Tem direito a votar moradores da comunidade que estejam em pleno goso com os direitos eleitorais. A eleição acontece das 8:00 ás 15:00 horas,no colégio Alberto Hage. Na concepção do único candidato, até agora com chapa registrada para o pleito Deivid Sena - eleição vai ser tranquila. Sena tem como principal meta a inclusão social enfrentando os problemas de frente, abrindo o dialogo com a comunidade e os poderes. A organização dos trabalhos para o pleito ficará por conta de uma comissão provisória formada pela atual diretória.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

TCM REJEITA,VEREADORES APROVAVAM TUDO É CARNAVAL

Em sessão nesta quinta-feira (18) na câmara de vereadores de Itajuípe; foram aprovadas por unanimidade ás contas do prefeito, Marcos Dantas, ano 2006 - rejeitadas pelo TCM-Tribunal de Contas dos Municipios. Para o presidente da comissão de finanças da câmara, vereador Edmilson Borges (PTC) "os erros foram técnicos e o prefeito tem respaldo, a cidade está linda e desenvolvida"- esclareceu. A comissão de finanças é composta ainda pelos vereadores: Gilmário Santos (PTC), relator e Fábio Almeida, que seguiu os passos do relator sem pronunciar nada. Os demais vereadores confirmaram o que já era esperado: a aprovação do parecer da comissão da câmara, passando por cima do parecer técnico do TCM, que optara por rejeitar ás contas do prefeito por suplementação de verba e uso indevido do dinheiro público. Para o presidente do PPS - Erenilson Santos ( Erê), "é inadimissivel,paga-se assessores, advogados,procurador do municipio e os vereadores consideram ás contas rejeitadas do prefeito erros técnicos. Nosso dinheiro foi pelo ralo, faltou compromisso dos vereadores com o povo ,que sente falta dos sevicos públicos de qualidade, que são pagos com o dinheiro público". A câmara entrou em recesso e volta aos trabalhos dia 5 de março, devido ao carnaval.

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

PAPO-QUENTE

Em sessão na Câmara de Vereadore dia 12 - O vereador Wambaster usou da tribuna e pediu providência ao prefeito sobre o calcamento do Bairro Novo II. Segundo Wambaster a obra está parada há quatro meses, e o povo reclamando.

O vereador Eduardo Portela levou para a câmara uma lista de pedidos: água para o povoado de Ruinha de São Cristóvão, reforma do canteiro da rua Amândio Mendes no Alto da Liberdade, que há 20 anos nunca teve reforma.

O vereador Gean membro da mesa diretora pediu reforma para a praça Manoel Agostinho de Santana ( jardim Badaró). Resta agora esperar... Os pedidos foram feitos.

OUVIDORIA DE ITAJUÍPE

A Prefeitura de Itajuípe agora já conta com ouvidoria. O prefeito Marcos Dantas, no uso de suas atribuições criou um dos cargos mais importante para encurtar a distância entre a prefeitura e os munícipes. A frente do cargo: Ivan Júnior. Só falta agora informar aos cidadãos que foi criado o órgão, e como os munícipes podem participar do governo participação e cidadania. A finalidade da ouvidoria e receber, encaminhar e acompanhar as demandas, reclamações, elogios e sugestões referente aos serviços prestados pelo município, além de divulgar serviços competente a ouvidoria, elaborar e divulgar relatórios semestrais, sobre atividades, apresentando simultaneamente, ao prefeito propostas para solução de situações recorrentes.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

PRESENTE DE GREGO

O prefeito de Itajuípe Marcos Dantas na tentativa de boicotar o evento que iria acontecer no Clube Kamuá no último dia primeiro, anunciou que iria comemorar seu aniversário em praça pública no meio do povo. Até aí tudo bem. Proclamou também nos quatro cantos da cidade que o presente seria ofertado pelos seus deputados: Claudio Cajado e Heraldo Rocha. Pelo menos nos 56 anos de emancipação politica, seria a primeira vez que um prefeito colocava um trio elétrico na rua para festejar aniversário. O intuito maior do prefeito não era alegrar com os amigos( que estão entorno dele devido ao poder), sim prejudicar seu principal desafeto politico, o produtor de eventos Erenilson Santos (Erê Produções), que estava produzindo o evento com divulgação regional. No sábado o prefeito aloprado anuncio que o presente dos deputados seria o cantor Vanoly Cigano. O cantor deixou o prefeito diante de todos os convidados de cara para cima , não apareceu na praça, e em vez de parabéns, o prefeito perseguidor recebeu vaias, um dia após seu aniversário, pois o mesmo faz aniversário em 31 de janeiro. Na verdade ele queria mesmo, era atrapalhar o produtor.O tiro saiu pela culatra, recebeu um presente de grego.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Mensagem de Repúdio

Impossibilitado de exercer minha liberdade de expressão e comercial nesta cidade que vivo, pelo menos há trinta anos. Devido à perseguição política por parte do prefeito municipal, pretendo não mais realizar eventos em Itajuípe. Entendo que Itajuípe não tem dono, porém não quero dar prejuízo aos meus parceiros comerciais: local do evento, hotel, restaurantes, carros de som, emissoras de rádio, barraqueiros, seguranças enfim, o comércio local direto ou indiretamente lucravam com os eventos que fazia. O prefeito tem que entender que não preciso pensar igual a ele, existe a democracia para subsidiar no que escrevo e falo. Se ele se sentiu ofendido com algo que falei em palanque durante o período eleitoral, procure o Ministério Público, responderei em juízo pelos meus atos. Não é boicotando os eventos que fazia com festas fajutas, sem pé nem cabeça em praça pública que vai me inibir ou calar-me. Os eventos que promovi foram todos legais: registro na justiça, pago imposto. Mereço respeito como comerciante. Lamento o ocorrido. Espero que o Sr. Prefeito se conscientize que um gestor público com a mente voltada para o futuro não pode e nem deve pensar dessa maneira mesquinha e perseguidora para quem diverge dos seus pensamentos e interesses. Itajuípe não tem dono. O prefeito Marcos Dantas é nosso funcionário e não nosso patrão.

Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, nada temerei, porque o senhor Jesus está comigo. Salmo 23.

Erê Produções


domingo, 1 de fevereiro de 2009

PERSEGUIÇÃO POLITICA

Em uma atitude de perseguição política, o prefeito de Itajuípe, Marcos Dantas de última hora, realizou festa em praça pública com o objetivo mesquinho para boicotar a festa amplamente divulgada pelo produtor de eventos Erenilson Santos (Erê Produções). O evento seria realizado hoje, (1º de Fevereiro) no Clube Kamuá com as bandas Bonde do Malandro e Moreno no Caprixo, evento este de repercussão regional. Para o produtor toda essa perseguição se deve ao fato de ter feito oposição ao prefeito na ultima eleição. Erê enfoca ainda quando faz eventos pensa no desenvolvimento da cidade por um todo, e não faz política partidária. Para Erê nem tudo está perdido o evento foi transferido para o dia 28 de fevereiro, com outro produtor por que o prefeito já ameaçou de sabotagem a qualquer momento que Erê vier a realizar evento na cidade. Itajuípe não pode pagar pelas psicoses do prefeito perseguidor - finaliza Erê.