sexta-feira, 30 de abril de 2010

MARCOS DANTAS: CRITICADO E ATRASADO PARA AUDIÊNCIA


Criticado pelo Presidente da Câmara Zezinho Mansur por não fazer-se presente na Audiência Publica, para discussão sobre a atual situação da BA 262, e implantação de uma rotatória em frente ao trevo na BR 101, e ainda redutores de velocidade em frente a fabrica da Pênalty, o prefeito Marcos Dantas chegou com uma hora e meia de atraso. No seu discurso de abertura Mansur disse que é habito do prefeito não atender os chamados da comunidade. Estava presente no encontro a presidente da Câmara de Almadina Mara Soane Alves e vereadores Jackson Gustavo, José Lindomar, Manoel Oliveira; presidente da câmara de Lomanto Júnior José Helio dos Santos; Diretor do DERBA, Almiro Vivas Neto, Inspetor da Policia Rodoviária Federal Marcus Vinicius. O vereador Gean Silva autor do pedido para realização da audiência, mostrou em “data show" o que justifica a urgência e emergência para solução dos problemas pelos órgãos competentes. Sem a presença de prepostos do DENIT, o vereador lamentou a falta de interesse do órgão que tem a responsabilidade para construção da rotatória no trevo que ano passado, uma itajuipense teve a vida ceifada em acidente. Outra solicitação também, segundo o vereador é a construção de redutores próximo a Pênalty, uma vez que o local registra muitos acidentes envolvendo motociclistas, carros e pedestres. Segundo a presidente da Câmara de Almadina Mara Soane a falta de assistência do DERBA nas estradas que levam ao município almadinense não e diferente e todos os lideres políticos tem que se unir, colocando em primeiro lugar os interesses dos contribuintes. Em tom agudo o presidente da câmara de Lomanto Júnior José Hélio fez criticas aos prefeitos das cidades desassistidas devido aos seus compromissos oposicionistas radical ao governo do Estado. Para o vereador Edmilson Borges o prefeito Marcos Dantas tem uma parcela de culpa por antecipar as eleições propagando as suas preferências eleitorais um ano antes da eleição, segundo o vereador, tudo isso dificulta benefícios para a região.O diretor do DERBA engenheiro Alamiro Vivas disse não se tratar de questões políticas, mas sim, de falta de pessoal para solucionar o problema. O mesmo lembrou ainda que, fez uma parceria com o prefeito Marcos Dantas para reforma das estradas que liga Itajuipe, Coaraci ao distrito de Pimenteiras e o Prefeito não cumpriu, deixando funcionários do órgão sem estadia. O engenheiro prometeu em um prazo de três meses construir os redutores frente a fabrica da Penalty, mas foi lembrado pelo o inspetor Marcus Vinicus que seria muito importante educar a população para o transito e esse papel cabe ao município. Sem assumir compromisso algum o prefeito Marcos Dantas disse não ter como prioridades estas solicitações, pois as mesmas não se encontram no PPA – 2010/2013, mas havia enviado aos seus deputados, oficio solicitando solução para o problema. O encontro teve fim sem grande expectativas devido aos acordos políticos partidários já feitos pelos prefeitos, mesmo assim vereador Gean a acredita em um encontro suprapartidário que será agendado com o Governador Wagner para solucionar o problema.

sábado, 24 de abril de 2010

DIRETOR DO POLI DIVULGA CONTAS ABERTAS

O diretor do Colégio Polivalente de Itajuípe, Luiz Carlos enviou para todos os meios de comunicação de Itajuípe, inclusive para A TROMBETA, oficio circular, comunicando que desde o dia 14 de abril, já se encontram abertas às contas do Colégio Polivalente no link Transparência na Escola. O documento foi enviado também para professores, conselho municipal de educação,partidos políticos,câmara de vereadores sindicatos,associação de bairros, ministério público e clubes de serviços. O munícipe que tiver interesse pode acessar o site www. sec.gov.br/transparencianaescola/app/extrato.asp - Dessa forma segundo o professor Luis Carlos, todos terão acesso às contas da unidade escolar. Para o professor, o que antes era difícil, agora existe acesso pleno, o que exatamente mostra como está sendo gasto o dinheiro público. - Classifico a ação como um avanço do governo do Estado da Bahia - Pontua o diretor Luiz Carlos, que está gerindo o colégio desde 2007. Com o mesmo endereço eletrônico é possível ter informações também do Colégio Estadual Dr. Luiz Viana Filho.

sexta-feira, 23 de abril de 2010

ERÊ VISITA AMARGOSA E CONFIRMA MODELO DE GESTÃO PÚBLICA

























Em visita a Amargosa(15/03), no recôncavo sul, o presidente do PPS (Partido Popular Socialista) e Diretor do Informativo A TROMBETA,Erê acompanhou de perto o modelo de gestão da cidade. Com metas cumpridas em investimento na agricultura familiar e na atenção ao homem do campo que foi fundamental para valorização e crescimento do setor produtivo, com implantação de vários projetos. Além da assistência aos produtores, foram criados mecanismos para melhoria de produção e beneficiamento.

 Os pequenos agricultores vendem seus produtos para a prefeitura que coloca na merenda escolar. Em cinco anos, Amargosa melhorou o Índice de Desenvolvimento da Educação – IDEB e fez desabar a evasão e repetência escolar. Para fazer isso acontecer, a prefeitura priorizou a formação dos professores, melhorou os salários (PISO R$ 1.300), e humanizou as escolas com criação de projetos de integração com o esporte, danças, teatro, musica e diversas outras atividades que dinamizou o espaço escolar, tornando um ambiente alegre e prazeroso, capaz de despertar prazer do educando em estar na aula. A merenda escolar é cuidada por nutricionista com mais de 100 itens, que vai de frutas, a bacalhau.

 A implantação dos Centros de Educação Infantil, creches feitas e mantidas pela prefeitura, é uma realidade. As escolas do campo são todas cuidadas e a comunidade do campo é assistida com água, luz, assistência medica e odontológica. O prefeito Walmir Sampaio determinou a transparência total dos atos do município, com prestação de contas no site do governo e em outdoor. Com as contas em dia, uma gestão eficiente e o apoio do Estado e União os investimento começaram a surgir – Campus da UFRB (Universidade Federal do Recôncavo Baiano), Policlínica são alguns exemplos, lembrando que prefeito herdou do antecessor em 2005, uma divida de 13 milhões, hoje os amargosenses se orgulha de sua cidade e do prefeito que tem. Antonio Clovis (Foto) presidente da Câmara de Vereadores confirma que a cidade está no caminho certo e odinheiro publico é empregado em prol do povo. Com Câmara totalmente modernizada em prédio próprio com investimento da prefeitura, o presidente se orgulha de mostrar as instalações e diz - temos dois carros novos na garagem para melhor servir a comunidade.

 O secretário de agricultura, o itajuipense Eduardo Santana(foto), não tem medido esforços para assistir e implantar os programas Estadual e Federal para cada vez mais melhorar a vida do homem do campo. Segundo Eduardo, não basta viver no campo, é necessário que o poder público faça se presente através das ações condicionando cidadania e dignidade. Amargosa tem 35 mil habitantes e orçamento anual de 24 milhões, dinheiro o suficiente para ser gerida, pelo menos o prefeito não reclama. Além de se uma cidade bem gerida com transparência e participação popular, promove um dos melhores São João do Brasil.

quinta-feira, 22 de abril de 2010

O CÂNCER DA EDUCAÇÃO DE ITAJUÍPE


No dia 8 de abril, ouvir, quem estava presente na Audiência Publica da Educação (promovida pela Câmara de Vereadores), todo corpo docente e secretários de governo ouviram e, sentiram também a falta de seriedade e responsabilidade do prefeito para com o gravíssimo problema da Educação, porém se intimidaram diante do alcaide, temendo ir parar no banquinho da disciplina. Pasme! 80% das escolas do campo não têm banheiros, os alunos são obrigados a fazerem necessidades fisiológicas no matagal como se fossem animais selvagens. 
O prefeito insanamente afirmou em viva voz em seu desatinado discurso que este problema não é prioridade para o governo "Participação e Cidadania", que tem como objetivo obrar a cidade, transformar a zona urbana, segundo ele, em canteiro de obras. É melhor ouvir as ufanias, balelas do prefeito do que ser surdo. De onde vai vir recursos para tais obras serem concretizadas? Serão abstratas? Se o mesmo não termina as obras que deu inicio. 
Uma administração TPM (Tudo Pela Metade). O que pode ser feito, não estranhe caro leitor é permitir quebrar as praças, canteiros antes eleição, como fez com as casas populares, obra do lago, calçamento da Ruinha de São Cristóvão pensando em tapeação popular para dá votos a seus deputados representantes de ninguém. Pergunte, quando encontrar o prefeito na cidade com que recurso fará as obras que propagou em jornal de circulação nacional? Matérias pagas. Perguntem também quais foram as emendas disponibilizadas pelos seus deputados para Itajuípe? Quer saber a resposta? Nada. Porque não tem condições políticas para fazer a coisa acontecer e ainda exige do prefeito que não aceite colaboração de outras correntes políticas. Todavia a cidade está refém de projetos extremamente pessoal. Embora a senhora secretária de educação Márcia Lima atribua o problema das Escolas do Campo, juntamente com o prefeito aos ex-gestores, continuo como cidadão itajuipense lembrando – o prefeito e a secretária estão no segundo governo, não tem direito de se furtar, eximir dos problemas que afeta a comunidade em nome do passado. A senhora secretária denominou o problema de falta de estrutura das escolas de "câncer", que segundo ela não iria deixar transforma-se em metástase, porém percebe-se, não tinha feito nada para diagnosticar a enfermidade. Se fez não divulgou’ possivelmente temendo constranger o alcaide perante a comunidade. O pior é que os tumores estão se alastrando – é possível ver alunos, funcionários se queixando por falta de colher nas escolas; merenda sem qualidade e banheiros quebrados espalhando odores horripilantes pelas escolas na sede distritos. Perguntei à senhora secretária na audiência, se a mesma tinha dificuldades para gerir os recursos da educação. A graduada secretária replicou-me, que não tenho conhecimento pedagógico, não era prático em educação, era um corpo estranho no encontro. Segundo a secretaria tudo que faz na secretaria tem o aval do prefeito. Então se justifica os problemas das escolas do campo, sede e distritos – educação não é prioridade para o prefeito. A secretaria de Educação tem orçamento de 10 milhões; é repassado 560 mil mensal, dinheiro enviado pelo Fundeb para ser investido na educação. Como se justificar gastos de 284 mil reais de combustível em três meses em 2008? Em comparação com os mesmos meses de 2009, tem uma diferencia de 139 mil reais. Alguma coisa está errada? Continuo achando que a senhora secretária, embora tenha probidade, capacitada tem dificuldades para gerir os recursos da educação. O dinheiro dos estudantes não pode ser dilapidado em projetos pessoal político partidário do prefeito. A secretária da educação tem que ser independente. No que tange ao problema das escolas do campo, oxalá que o antídoto da senhora secretária para o "câncer", seja radioterapia para combater o tumor que, a graduada pedagoga diagnosticou, porém não tinha revelado, porém esperamos agora que o prefeito assuma a responsabilidade para dá inicio com seus "médicos secretários" o combate do "câncer" com quimioterapia urgente e emergente, não ficar parado atribuindo a enfermidade ao passado, provocando tortura psicológicas na sociedade como se fossemos inocentes crianças para não percebermos o que é uma administração planejada,participativa e transparente. Posso não entender de gestão educacional, como afirmou à senhora secretária, porém sou técnico em contabilidade, entendo um pouco de orçamento, receita e despesas, por ter formação em radialismo, faço perguntas incisivas.
Por: ERÊ - Presidente do PPS (Partido Popular Socialista) e Diretor da A TROMBETA

terça-feira, 20 de abril de 2010

AULA DE MATEMÁTICA



A professora chegou à sala de aula e exclamou: - bom dia criançada! As crianças em coro respoderam: - bom dia tia! Crianças nossa aula hoje é de ma-te-má-ti-ca. – Felipe, uma cidade gastou 284 mil reais de combustível em três meses. Sendo um litro de gasolina R$2, 62, em X automóvel fazendo 5 km por litro. Quantos quilômetros dariam para percorrer? Felipe parou, pensou respondeu: - 568 mil km tia. A professora exclamou: – certa a resposta, parabéns Felipe! André agora é a sua vez: Brasília fica a 1.700 km de X cidade. Quartas vezes dariam para ir a capital do Brasil gastando 284 mil reais de combustível, ou seja, 108,396 mil litros de gasolina? Sei tia. – diga então – 314 vezes. – Certo Andrezinho! Hoje vocês estão afiados. Pedrinho agora é você. - Manda ver tia! – Pedrinho com 568 mil litros de gasolina dá para ir 56 vezes à Alemanha; 71 vezes nos Estados Unidos; 14 voltas no globo terrestre e (...) - Pedrinho interrompeu. Já sei tia – Já sabe? Então diga. – nossa tia onde é que a Secretária de Educação de Itajuípe tá gastando tanta gasolina?

quarta-feira, 14 de abril de 2010

SECRETARIA DE EDUCAÇÃO DE ITAJUÍPE PROMOVE A FARRA DO COMBUSTÍVEL

Embora as contas do município de Itajuípe(2008), tenham sido aprovadas com ressalvas (13/04), pelo TCM BA, nada disso reduz a farra do combustível promovida pela Secretaria de Educação em outubro, novembro e dezembro de 2008. O gasto foi de R$ 284.491,76 (duzentos e oitenta mil, quatrocentos e noventa reais e setenta e seis centavos), em comparação com os mesmos meses de 2009, (diga-se de passagem) ano de eleição municipal, a diferença foi de R$ 139.686,04 ( cento e trinta mil, seiscentos e oitenta e seis reais e quatro centavos). ( VEJA A FONTE SITE DO TCM BA). Para o presidente do Partido Popular Socialista (PPS), que também é diretor do informativo combativo A TROMBETA, possivelmente deve estar ai, os motivos: de 80% das escolas da zona rural sem banheiros, crianças adolescentes fazem as necessidades fisiológicas no matagal, colégios na zona urbana com banheiros quebrados e alunos se alimentando com as mãos por falta de talher (colher).

sexta-feira, 9 de abril de 2010

SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO AGRIDE DIRETOR DA A TROMBETA

Em audiência da educação realizada na Câmara de Vereadores(09), para discutir o melhoramento das escolas da zona rural, 80% não dispõe de banheiros. A após ser mostrado fotos e vídeos que ilustravam o caos nas estrutura físicas das escolas e abrir a discussão do problema com sala de reunião da câmara lotada com professores, coordenadores, diretores cidadãos, a secretária de educação do município se irritou com a pergunta do diretor do informativo A TROMBETA. Em sua pergunta Erê, apresentou dados do orçamento 2010, na ordem de 10 milhões para a educação, 689 mil em investimento e o repasse de março de 535 mil reais dinheiro do FUNDEB, e indagou a secretária se tinha dificuldades de gerir os recursos da pasta. Em tom de ofensa a secretária se dirigiu ao diretor do informativo, insinuando que seria ignorante, analfabeto e que não tinha conhecimento de como estava sendo gerido os recursos do município por isso não deveria comentar o que não sabia. No entendimento de Erê que também é presidente do PPS - Partido Popular Socialista, técnico em contabilidade a secretária não convence no seu argumento ofensivo, e o caos da educação beira a ingerência pois os colégios da zona rural não tem o básico e na zona urbana tem colégio com banheiros quebrados há anos e também não tem colher para os alunos que se alimentam com as mãos, é o caso do colégio Municipal Diogens Vinhais.

quinta-feira, 8 de abril de 2010

CÂMARA SEM ENERGIA



A câmara de vereadores de Itajuipe deixou de realizar hoje(08), audiência da educação que havia marcado para discutir relatório da visita "in Loco" nas escolas da zona rural feita pelos vereadores final do ano passado que aponta 80% das escolas da zona rural sem banheiros. A falta de energia elétrica no prédio foi o motivo da não realização da audiência. Com o local lotado depois de duas horas de espera, o presidente Zezinho Mansur em comum acordo com a secretária de educação do município Marcia Lima, resolveu adiar o encontro para amanhã sexta-feira (09). Semana passada os vereadores reuniu com prepostos da COELBA, para tratar justamente da constante falta de energia elétrica na cidade.

CADÊ O PEIXE PREFEITO?

Uma senhora carente encontrou o Prefeito Marcos na rua e perguntou - ô prefeito porque o sr. não deu o peixe na semana santa? o prefeito respondeu: - não falei que não iria dá o peixe, sim a vara. A senhora exclamou: - mas nem a vara o senhor deu! O prefeito já sem paciência respondeu: - não dei porque estou pagando em dia. A senhora já enfezada desabafou: -não sou funcionaria publico não prefeito! O prefeito não aguentando mais a pressão da mulher finalizou: - senhora não é,mas minha sobrinha é, minha esposa é, meu irmão é, e Juninho também é...

MENOR ASSASSINO É OUVIDO




Foi ouvido hoje(08), no fórum desembargador Orlando Pereira dos Santos pelo promotor de justiça Dr. Yuri Lopes Melo, o menor J.S.S (17), que matou a sangue frio com arma branca a dona de casa Marlene Santos(45),na terça-feira(06), ambos eram moradores da Av. Itabuna em Itajuipe. O depoimento foi marcado por protestos dos familiares e amigos da vitima do lado de fora do prédio. A vitima que era mãe solteira deixou dez filhos. Segundo Dr. Yuri Melo no depoimento o menor não demonstrou qualquer arrependimento ou sentimento e disse ter cometido o crime por que a mesma teria o xingado. O promotor disse ainda que o assassino confesso terá três dias para constituir advogado, depois de concluso o inquérito em aproximadamente dez dias, o mesmo será encaminhado para a capital do Estado, onde ficara internado até completar 21 anos, depois a lei permite a soltura pelo fato do crime ser cometido na menor idade.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

A ORDEM DOS FATORES NÃO ALTERA RESULTADO

No editorial A ATROMBETA impresso número V, cometemos um erro gravissimo ao afirmar que as contas rejeitadas do prefeito Marcos Dantas foram as do ano de 2007, estas foram aprovadas com resalvas pelo TCM ( TRIBUNAL DE CONTAS DOS MUNICIPIOS), diferentemente das de 2008. na verdade erramos no ano, não na quantidade. O prefeito segue da mesma forma - tricampeão em contas rejeitada.
VEREADOR EDMILSON BORGES
Nas considerações finais também tivemos erros de diagramação involuntariamente deixando de ser externado o pensamento do nosso ilustríssimo entrevistado. Nas suas palavras final o edil disse estar sempre a disposição para qualquer eventualidade. LEIA A ENTREVISTA NA INTEGRA NO BLOG FORMADOS DE OPINIÃO.
AUDIÊNCIA PUBLICA
No próximo dia 8 de abril (quinta-feira), a câmara de vereadores vai realizar na sala de sessão audiência publica para mostrar o resultado da visita "in loco" feita nas escolas na zona rural, final do ano passado. A audiência foi um pedido do vereador Edmilson Borges. Segundo o presidente da câmara Zezinho Mansur o momento será oportuno para debater os problemas que afeta a educação na cidade. Na vistoria realizada nas escolas da zona rural ficou contatado que 80% das escolas não tem banheiros, sendo os alunos obrigados a fazer as necessidades fisiológica no mato. Esperamos ser abordado ainda nesta audiência temas como transporte dos estudades,merenda escolar,Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB)...